Minha lista de blogs

terça-feira, 31 de março de 2009

FUNDAÇÃO NACIONAL DO LIVRO INFANTIL


FNLIJ, o site www.fnlij.org. br ."Concursos da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, de 2009,para o maior número de pessoas, para que possamos conhecer e mapear os projetos brasileiros de promoção de leitura, assim como valorizare premiar esses profissionais anônimos em reconhecimento a decisiva e crucial tarefa cultural e educativa, pouco empreendida entre nós,como a formação de leitores e a utilização de livros de literaturapara crianças e jovens.As inscrições são gratuitas e encerram-se no dia 30 de abril de 2009(data de postagem do correio)."

PREMIO VIVA LEITURA 2009


sexta-feira, 27 de março de 2009

DISCURSO DE AUGUSTO BOAL PELO DIA DO TEATRO


Veja discurso de Augusto Boal sobre o dia mundial do teatro
da Folha Online
Leia abaixo a íntegra do discurso de
Augusto Boal sobre o dia mundial do teatro, 27 de março. O pesquisador, diretor e dramaturgo foi nomeado como embaixador mundial do teatro pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).
Leia a íntegra do discurso:
"Todas as sociedades humanas são espetaculares no seu cotidiano, e produzem espetáculos em momentos especiais. São espetaculares como forma de organização social, e produzem espetáculos como este que vocês vieram ver.
Mesmo quando inconscientes, as relações humanas são estruturadas em forma teatral: o uso do espaço, a linguagem do corpo, a escolha das palavras e a modulação das vozes, o confronto de ideias e paixões, tudo que fazemos no palco fazemos sempre em nossas vidas: nós somos teatro!
Não só casamentos e funerais são espetáculos, mas também os rituais cotidianos que, por sua familiaridade, não nos chegam à consciência. Não só pompas, mas também o café da manhã e os bons-dias, tímidos namoros e grandes conflitos passionais, uma sessão do Senado ou uma reunião diplomática --tudo é teatro.
Uma das principais funções da nossa arte é tornar conscientes esses espetáculos da vida diária onde os atores são os próprios espectadores, o palco é a plateia e a plateia, palco. Somos todos artistas: fazendo teatro, aprendemos a ver aquilo que nos salta aos olhos, mas que somos incapazes de ver tão habituados estamos apenas a olhar. O que nos é familiar torna-se invisível: fazer teatro, ao contrário, ilumina o palco da nossa vida cotidiana.
Em setembro do ano passado fomos surpreendidos por uma revelação teatral: nós, que pensávamos viver em um mundo seguro apesar das guerras, genocídios, hecatombes e torturas que aconteciam, sim, mas longe de nós em países distantes e selvagens, nós vivíamos seguros com nosso dinheiro guardado em um banco respeitável ou nas mãos de um honesto corretor da Bolsa --nós fomos informados de que esse dinheiro não existia, era virtual, feia ficção de alguns economistas que não eram ficção, nem eram seguros, nem respeitáveis. Tudo não passava de mau teatro com triste enredo, onde poucos ganhavam muito e muitos perdiam tudo. Políticos dos países ricos fecharam-se em reuniões secretas e de lá saíram com soluções mágicas. Nós, vítimas de suas decisões, continuamos espectadores sentados na última fila das galerias.
Vinte anos atrás, eu dirigi Fedra de Racine, no Rio de Janeiro. O cenário era pobre; no chão, peles de vaca; em volta, bambus. Antes de começar o espetáculo, eu dizia aos meus atores: - 'Agora acabou a ficção que fazemos no dia-a-dia. Quando cruzarem esses bambus, lá no palco, nenhum de vocês tem o direito de mentir. Teatro é a Verdade Escondida'.
Vendo o mundo além das aparências, vemos opressores e oprimidos em todas as sociedades, etnias, gêneros, classes e castas, vemos o mundo injusto e cruel. Temos a obrigação de inventar outro mundo porque sabemos que outro mundo é possível. Mas cabe a nós construí-lo com nossas mãos entrando em cena, no palco e na vida.
Assistam ao espetáculo que vai começar; depois, em suas casas com seus amigos, façam suas peças vocês mesmos e vejam o que jamais puderam ver: aquilo que salta aos olhos. Teatro não pode ser apenas um evento --é forma de vida!
Atores somos todos nós, e cidadão não é aquele que vive em sociedade: é aquele que a transforma!" --

HORA DO PLANETA

Caminhada no Sesc rio unidade campos Av. alberto torres 297

venha partipar ....com uma vela saindo do sesc até o centro.... uma caminhada pelo planeta
...

TÁ NA RUA


ESCOLA CARIOCA DO ESPETÁCULO BRASILEIRO & INSTITUTO TÁ NA
RUA
Apresentam
Oficinas Teatrais com Amir Haddad Módulo I Início 31/03/09Termino 09/07/09 Módulo II Início 28/07/09Termino 26/11/09 Contatos:Alessandro 94828891Tathiane 87309443 Tá Na Rua 22200672Av. Mem de Sá 35 - Lapa

quarta-feira, 25 de março de 2009

Uma celebração ao CIRCO E TEATRO


O Movimento de Teatro de Rua do Espírito Santo

apresenta:


Arte de Rua Manifesta


Uma celebração ao
Dia 27 de março de 2009
Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo

Esta mobilização será realizada em todo o Brasil, seguindo uma diretriz da Rede Brasileira de Teatro de Rua.

Aqui em Vitória, ES, além de mostrar o teatro que sabemos fazer,
vamos questionar e exigir melhores incentivos e tratamento digno de artistas e cidadãos,
que tem direitos de manifestar suas necessidades culturais.


Saída do cortejo

9h30 - sede do grupo Vira-Lata
(Espaço São Vicente de Paulo, atrás da Catedral Metropolitana, cidade Alta)

Trajetória:
Rua Professor Baltazar,
Rua 13 de Maio
Manifesto do Sono em frente à Secretaria Municipal de Cultura,
Rua Sete,
Praça Costa Pereira


10h30 às 14h - Praça Costa Pereira

Manifesto do Sono e
Mostra de Teatro de Rua:


Grupo Teatral Vira-Lata
(intervenção clwonesca)
Cia Folgazões
(intervenção com brincadeiras e cantorias)
Companhia Circo Teatro Capixaba
(espetáculo O Pequeno Circo e outras criaturas)

Grupo Sol da Terra
(Bonecos Gigantes)
Cia Enki de Dança
(intervenção)
Encanta Conto
(contadoras de histórias)
alunos da FAFI (escola de teatro)
(intervenção Os Mascarados)

Soraia Nunes
(intervenção aérea - tecido)
Marcos Isaias
(boi Surubim)


O sentimento de comemoração vem ao encontro da mobilização da sociedade pelo direito ao acesso público da arte
e aos bens simbólicos da cultura brasileira.
O Teatro e o Circo são expressões universais dos sonhos, inquietações, desejos e limitações humanas.

Reafirmamos o potencial destas manifestações como parte incalculável do bem comum da humanidade
e como experiência de comunicação, conhecimento e ampliação dos nossos sentidos e emoções.

A denúncia se mistura à festa, ao irrevente, à dança e ao grito.
Todos já estão convidados a se manifestar.



Enquanto isso, pelo Brasil:

Maranhão
Semana do Teatro
Cortejo e Manifestação no dia 27
Distribuição do 1° boletim do Movimento

Belo Horizonte
Ato Público na Praça Sete,
Homenagem à Baco na Praça da Estação e
Encontro Reflexivo no SATED/MG

Rio de Janeiro
II CORTEJO CELEBRATIVO da Rede Estadual de Teatro de Rua RJ e da Rede Circo do Rio
com a presença de mais de 15 coletivos confirmados

São Paulo
Grande ATO na porta da FUNARTE
e diversas apresentações por toda a cidade

Campinas
De 26 à 29 – apresentações em praças e na lona no Tainã
Dia 27 lançamento do livro “O Circo de todos os tempos - do pau-a-pique ao tensionado”, do palhaço Biriba

Recife
Caminhada Cultural
e durante todo o mês acontece "Um Março de Teatro" - MTP/PE

Bahia
manifestações em Salvador






Maiores informações:
Willian Rodrigues
porta-voz e articulador do Movimento de Teatro de Rua do ES
3223-4968 / 9931-7746

TOMARA QUE SEJA VERDADE

Admitindo erro, MinC promete volta do SupersimplesCultura e Mercado - Carina TeixeiraSegundo o Ministério da Cultura (MinC), o aumento foi um equívoco da Receita Federal, que teria aumentado o percentual de impostos de setores que empregam pouco; como a cultura tem baixa parcela de empregos formais, a Receita teria entendido que a área não é uma grande empregadora, o que a teria feito aumentar seu percentual de impostos, quando na verdade o setor cultural tem alta taxa de empregos. Ainda de acordo com o Ministério, o governo já reconheceu a distorção e deve enviar nesta semana um projeto de lei complementar ao Congresso revertendo a mudança. Mas ainda não é certa uma possível compensação para as produções que já estão pagando o percentual maior.Com a alteração na lei do Supersimples (programa que reduz o percentual de impostos federais, estaduais e municipais pagos por micro e pequenas empresas), as produções artísticas saíram da tabela de impostos que ia de 4,5% a 16%, pulando para outra, de 16% a 22%. A mudança provocou queixas de artistas e produtores, a circulação pela internet de um abaixo-assinado contra a medida, e o pedido de que o ministro da Cultura, Juca Ferreira, intercedesse pela classe. De acordo com o secretário de políticas culturais do MinC, José Luiz Herência, o Ministério já teria intercedido. "Levamos o assunto para a primeira reunião interministerial do ano, em janeiro. E estamos mantendo contato com os ministérios do Planejamento e da Fazenda, e com a Casa Civil", afirmou Herência em matéria publicada pelo jornal O Globo.Na mesma matéria, o secretário acrescentou que, para o governo, "não há problema em reverter a alteração na lei do Supersimples" . "Ela foi uma distorção. A inclusão no Supersimples é para reduzir a carga tributária de setores com mão-de-obra intensiva. A cultura é um desses setores, 5% das empresas no País são ligadas a ela, segundo o IBGE. Mas a área tem muito do que a gente chama de contratação eventual, e muita informalidade; em torno de 53% dos empregos são informais. Então, a Receita entendeu que a cultura contratava pouco, e mudou seu percentual de impostos", explicou o Secretário.Na última sexta-feira, dia 13, o MinC e a Casa Civil se reuniram novamente e decidiram enviar nesta semana ao Congresso um projeto de lei complementar, mudando a mudança: o projeto realoca as empresas de produção cultural na mesma categoria anterior, em caráter de urgência. Perguntado se haveria algum tipo de compensação para as produções que, durante o período em que a alteração está valendo, tiveram que pagar mais imposto de modo inadequado, o MinC informou que está estudando se há alguma possibilidade legal para isso.* Com informações do jornal O Globo - Alessandra Duarte

cursos em são paulo

CursosPublicação:20/ 3/2009
Fundação Criança abre 652 vagas
Para cursos gratuitos para crianças e jovens Ana Paula Danteda redaçãoA Fundação Criança de São Bernardo abre inscrições nesta segunda-feira, 23de março, para 500 vagas de cursos gratuitos dos Centros de Atendimento aCriança e Juventude (CACJ), como capoeira e teatro, e 152 vagas em cursosartísticos da Usina Socioeducativa, como fotografia e viola de arco. Asinscrições vão até o dia 31 de março.Os cursos da Usina vão além da arte-educação, possibilitando uma preparaçãopara o mercado profissional e favorecendo a integração dos adolescentes coma comunidade. Os CACJ funcionam como centro permanente de atividadesculturais, esportivas e artesanais.Esses centros têm o objetivo de oferecer um espaço de lazer para crianças eadolescentes que moram nos bairros onde há uma unidade ou que já passarampela Fundação Criança, por meio do Centro de Atendimento às MedidasSocioeducativo (CASE). Isso possibilita aos jovens infratores o cumprimentode medidas judiciais em meio aberto.Os alunos que se inscreverem nos cursos da Usina Socioeducativa podemescolher entre flauta, desenho animado, canto coral, violoncelo,sonoplastia, mixagem e gravação, fanzine, arte e cinema em vídeo,fotografia, violino, viola e arco e viola de gambá (instrumento barroco decorda), sendo cada atividade em um dia da semana.No CACJ, que já atende 500 jovens, os cursos disponíveis são: dança, circo,artes plásticas, esportes, teatro literatura, capoeira, música, teatro,desenho e esportes. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h30 às11h30, e das 13h30 às 17h. Os interessados em se inscrever nos cursos da Usina Socioeducativa devem terentre 12 e 18 anos, ser morador de São Bernardo e levar RG original na sededo programa, que fica na Rua Santa Filomena, 802 - Centro. Já para seinscrever nos cursos do CACJ, é necessário ter de 7 a 18 anos, residir emSão Bernardo, apresentar no ato da inscrição documento de identidade oucertidão de nascimento e carteira de vacinação original. As inscrições duramaté o preenchimento das vagas e devem ser feitas na sede dos CACJ do ParqueSão Bernardo, Jardim Silvina, Jardim Esmeralda, Jardim das Orquídeas, bairroSanta Cruz e Jardim Thelma.Ariel de Castro AlvesDiretor – Presidente da Fundação Criança de São Bernardo do Campowww.fundacaocrianca .org.br

07 DE ABRIL DIA MUNDIAL DA SAÚDE ...



07 de abril - dia mundial da saúde

Os Doutores Palhaços (ex- Doutores da Alegria) que há treze anos realizam intervenções artísticas nas enfermarias pediátricas dos hospitais da cidade do Rio de Janeiro, comemoram o dia mundial da saúde apresentando o espetáculo "Troca de Plantão" no Teatro de Arena da CAIXA Cultural.

“Troca de Plantão” é um espetáculo teatral criado pelo elenco de Doutores Palhaços, do Grupo Roda Gigante. Através da linguagem cômica, uma banda formada por palhaços apresenta cenas e músicas inspiradas no cotidiano hospitalar.
O repertório do grupo é uma sátira aos cuidados do homem com a saúde e atravessa gerações, abrangendo desde compositores clássicos populares como Adoniran Barbosa até inusitadas versões de recentes sucessos nacionais.
O espetáculo “Troca de Plantão” é ao mesmo tempo, uma peça teatral, um show musical e uma homenagem aos profissionais de saúde e crianças hospitalizadas, parceiros ao longo dos treze anos de atuação do grupo na cidade do Rio de Janeiro.-- Visite o site:

PRIMEIRA INFANCIA EM PRIMEIRO LUGAR



07 a 13 de março de 2009


NACIONALMEC orienta projeto pedagógico em crechesOrientações sobre a formação dos professores da educação infantil, a alimentação dos bebês nas creches e a adaptação das crianças na vida escolar são oferecidas pelo Ministério da Educação (MEC) aos municípios que construíram ou estão construindo creches com recursos do Governo Federal, por meio do Programa de Construção e Reforma de Creches (Proinfância) . Segundo a coordenadora- geral de educação infantil da Secretaria de Educação Básica (SEB), Rita Coelho, o Proinfância foi criado pelo Governo Federal para fortalecer a política de educação infantil nos municípios e apoiar a sua expansão. De 2007 a 2008, o programa investiu na construção de 973 creches em 939 municípios, e a meta para 2009 é construir 500 novas unidades. Além de definir três tipos de projetos arquitetônicos para a construção de creches, o MEC orienta sobre a aquisição do mobiliário e dos equipamentos, devendo ser certificados para atender às particularidades da educação infantil. Segundo Rita, a educação infantil é uma etapa da educação básica, não um curso livre, e, por isso, deve ter objetivos educacionais, e necessita de planejamento. “Nesse contexto, os professores devem saber quê vivências precisam proporcionar às crianças, em cada etapa da vida, para o seu pleno desenvolvimento” , afirma. [O Mossoroense (RN) – 13/03/2009]

Licença-maternidade ampliada completa seis meses
sob críticas e aplausosSeis meses depois de assinada a Lei 11.770, que aumentou a licença-maternidade de 120 para 180 dias, as avaliações sobre a medida são positivas, mas também apontam a necessidade de avanços. Aprovada em setembro de 2008, para trabalhadoras da iniciativa privada, em dezembro do mesmo ano, a licença foi estendida às funcionárias públicas federais. Na iniciativa privada, no entanto, o benefício só entrará em vigor em 2010, já que não houve tempo de incluir no Orçamento Geral da União de 2009 o impacto da isenção fiscal que será concedida às empresas que aderirem à ampliação. Até agora, segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Pediatria, 108 municípios brasileiros e 14 estados, além do Distrito Federal, transformaram em leis locais a licença-maternidade ampliada, oferecendo-a a suas servidoras. Amamentação – A licença de seis meses atendeu a recomendações médicas e a uma reivindicação antiga de diversas entidades de classe e movimentos sociais. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a mãe deve amamentar o bebê por no mínimo seis meses e preferencialmente até dois anos. O vice-presidente da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Carlos Alberto Zaconeta, disse que a ampliação da licença-maternidade colocou o Brasil à frente de muitos países. [O Estado (CE), Lisiane Wandscheer, Repórter da Agência Brasil – 09/03/2009]Aborto de anencéfalos deve ser definido ainda no primeiro semestre deste ano O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir ainda no primeiro semestre deste ano se as mulheres terão o direito de interromper a gravidez em casos de anencefalia (quando há ausência parcial ou total do cérebro do feto). Desde 2004, uma ação da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS) está em julgamento no Órgão. A CNTS, com o objetivo de garantir esse direito a todas as mulheres, sem burocracia e exposição pública, impetrou a ação com base na diferenciação entre o aborto e a antecipação terapêutica da gravidez. “Caracterizar a gestação de anencéfalo como aborto é um equívoco, inclusive sob a perspectiva do direito. O feto não tem chance de sobrevida fora do útero materno. Por que criminalizar? Pretendemos uma reinterpretaçã o do Código Penal de 1940, à luz das garantias individuais das mulheres”, disse Janaína Penalva, pesquisadora e advogada do Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero. [O Estado (CE), 09/03/2009]
BAHIA
Taxa de desnutrição e mortalidade infantil caem no SemiáridoA evolução de indicadores sociais nos 1.130 municípios do semiárido brasileiro nos últimos cinco anos foi destacada, ontem (12), na IV Reunião do Comitê Nacional do Pacto do Semiárido. Segundo o representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), que desenvolve o Programa Selo Unicef Município Aprovado, Mário Volpi, o principal avanço foi na queda da desnutrição de crianças com menos de dois anos. De 8,1%, em 2004, o índice caiu para 4,2%, em 2007. A queda da mortalidade infantil também se destacou, foi três vezes maior do que nos demais municípios do País, com uma redução de 22,% para 19,8%. De acordo com Volpi, apesar dos avanços, os números ainda preocupam. "Esta é uma região ainda muito carente, por isso é necessária uma parceria objetiva com os municípios, buscando resultados que tenham impacto direto na vida da criança", explica. A Bahia tem 279 municípios no semiárido, sendo 188 deles registrados no programa do Unicef. Destes, somente 33 atingiram ou superaram as metas no último biênio e foram premiados com o selo. Outros 91 municípios não se mobilizaram para fazer parte do programa. Na Bahia, uma das cidades premiadas foi Senhor do Bonfim, que superou as metas em indicadores como combate à desnutrição, projetos de educação contextualizada e ações de atenção às adolescentes grávidas. [A Tarde (BA), João Pedro Pitombo – 13/03/2009]
GOIÁS
Goiânia tem déficit de vagas em crechesPelo menos 10 mil crianças de Goiânia não têm onde ficar enquanto suas mães trabalham. O déficit de vagas foi confirmado em reunião realizada no Ministério Público Estadual (MPE). Em 2004, foi assinado Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre MPE e prefeitura determinando a criação de 20% das vagas necessárias a cada ano para resolver o problema. Na época, o déficit era de 7,5 mil vagas e, conforme os cálculos, seria zerado em 2010. O promotor da área da infância e juventude, Everaldo Sebastião de Sousa, garante que a prefeitura está cumprindo a determinação, porém, não é o suficiente para sanar a questão da falta de vagas. Ficou decidido que, a partir de agora, será feito levantamento das empresas em toda a Capital que possuem mais de 100 funcionários. O objetivo é verificar quais estão descumprindo a lei municipal que determina a existência de creches dentro das empresas ou um auxílio financeiro para que as mães possam pagar a despesa. Tanto empresas públicas quanto privadas devem oferecer o benefício. A Câmara Municipal, por exemplo, não oferece o serviço nem o auxílio em dinheiro. [Diário da Manhã (GO) – 11/03/2009]
MARANHÃO

Relatório indica diminuição da violência contra infância em São LuísRelatório da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de São Luís (MA) mostra uma queda de 29,98% no total de crimes contra crianças e adolescentes ocorridos de 2006 a 2008. Embora o quadro geral da violência contra a infância revele-se decrescente nos últimos três anos, o estudo separado dos crimes mostra-se em reverso. Casos de atentado violento ao pudor passaram de 53 em 2006 para 77 no ano passado, e registros de estupro foram 3,46% do total de crimes em 2006; subiram para 4,63% em 2007 e chegaram a 4,86% no ano passado. Os crimes de lesão corporal e ameaça são os mais registrados, representando cerca de 500 casos em 2008.Desaparecimento - Ano passado foram registrados sete casos de “subtração de incapaz”, referentes a 0,59% do período. Em 2007, foram oito (0,67%) e em 2006 foram 16 (0,94%). Já o desaparecimento de crianças e adolescentes, propriamente dito, também é destaque nas estatísticas da DPCA. Neste caso, houve queda de 52,79% nos registros do triênio pesquisado. Em 2006, foram 161 desaparecimentos, correspondente a 9,45% do quadro geral daquele ano. Em 2007, o quantitativo baixou para 83, praticamente a metade do ano anterior. Já em 2008, os desaparecimentos somaram 76 casos. [Jornal O Estado do Maranhão (MA) – 11/03/2009]
MINAS GERAIS

Creches esperam ação de promotorA postura irredutível do prefeito de Uberaba, Anderson Adauto, em manter o corte de 10% nos repasses de 2009 não foi acatada pelo movimento das creches, que se reuniu essa semana para discutir novas estratégias. A coordenadora da Frente de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Triângulo Mineiro, Mariângela Camargos, informou que o movimento, com a ajuda de técnicos, irá estudar a possibilidade de remanejamento de verbas de outras áreas da Prefeitura para compor a receita das creches. O assunto será discutido com os vereadores em reunião a ser agendada pelo vereador Marcelo Borjão. A integrante do Conselho Municipal de Assistência Social, Claricinda Massa, disse que o movimento está aguardando uma ação do Ministério Público. Na próxima terça-feira, 17, os coordenadores das instituições participam de reunião com o promotor da Infância e Juventude, André Tuma. [Jornal da Manhã (MG), Élvia Moraes – 12/03/2009]
PARANÁ
Candidatos à prefeitura de Londrina se comprometem a investir em CEIs filantrópicasO primeiro debate do segundo turno das eleições para a prefeitura de Londrina, promovido pela Associação das Entidades Filantrópicas da cidade, teve como foco o déficit de vagas nos Centros de Educação Infantil (CEIs) do município. Pelo menos 3,5 mil crianças estão na fila de espera. Ao todo, Londrina possui 11 CEIs municipais e 68 filantrópicos. O compromisso firmado pelos candidatos Barbosa Neto (PDT) e Luiz Carlos Hauly (PSDB) foi de aumentar a participação das entidades filantrópicas no atendimento da demanda da educação infantil, com mais investimentos e apoio sócio-educativo a estes Centros. [Folha de Londrina (PR), Janaina Garcia – 11/03/2009].

PERNAMBUCO

Cisam terá sete leitos de UTI para gestantesProjetada em 2003, a unidade de terapia intensiva para mulheres do Centro de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), na Encruzilhada, Zona Norte do Recife, finalmente vai se transformar em realidade. As obras tiveram início no dia 9 de março e devem ser concluídas em cinco meses. O novo serviço vai ajudar a corrigir o déficit de leitos de terapia intensiva em Pernambuco, principalmente na área de ginecologia e obstetrícia, que leva à lotação excessiva e espera por vaga em UTI. Embora seja maternidade para partos de alto risco e hospital-escola (é vinculado à Universidade de Pernambuco - UPE), o Cisam só conta com UTI para recém-nascidos. Com a reforma, o Cisam terá sete leitos de UTI para gestantes.A equipe de médicos intensivistas que vão atuar na unidade já foram selecionados em concurso realizado há dois anos para os hospitais da UPE. A instalação do novo serviço tem financiamento do Ministério da Saúde no valor de R$ 600 mil. O Cisam realiza 28 partos por dia e atende em média 90 pacientes na sua emergência. A UTI neonatal tem sete leitos, mas na última semana abrigava nove bebês. [Jornal do Commercio (PE) – 10/03/2009].
SÃO PAULO

CPI da Pedofilia intensifica combate à rede de exploração sexualQuatro pessoas foram presas na quarta-feira, dia 11, em uma grande operação contra uma rede de pedofilia acusada de abusar sexualmente de pelo menos 40 crianças em Catanduva, a 379 quilômetros de São Paulo. A ação foi realizada pelo Ministério Público Estadual de São Paulo e a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia. Ao todo, mais de 30 homens da Polícia Militar e 20 promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), além de integrantes da CPI, participam da operação, que cumpre mandados em diversas cidades paulistas. Na casa de um médico, em Catanduva, foram apreendidas uma CPU e fitas de vídeo, que serão analisadas por peritos do Instituto Médico Legal. Alguns suspeitos foram reconhecidos por meninos de cinco e 14 nos durante sessão na Delegacia de Investigações Gerais de São José do Rio Preto (DIG). As crianças que sofreram os abusos disseram a psicólogos que não querem mais ir à escola, com medo de humilhações vindas de outros alunos. Profissionais da Secretaria Especial dos Direitos Humanos vão dar apoio e assistência às famílias das vítimas. [Hoje em Dia (MG) – 12/03/09] .

O Boletim Primeira Infância em Primeiro Lugar reúne os resumos das principais matérias e reportagens sobre primeira infância publicadas em 51 jornais impressos diários do País, monitorados pela Rede ANDI Brasil.
Para saber mais sobre a Rede Nacional Primeira Infância acesse:
www.primeirainfanci a.org.br
Se você não quiser mais receber esse Boletim escreva para: contato@primeirainf ancia.org. br

CURSOS NA SEDE Cia de Teatro Contemporâneo




1. CURSO PROFISSIONALIZANTE DE ATOR * COM ESTÁGIO GARANTIDO * INSCRIÇÕES ABERTAS *TURMAS : MANHÃ*NOITE2. RECICLAGEM PARA ATORES COM DRT – COM A DIRETORA ANJA BITTENCOURT3. TEATRO REGULAR PARA ADULTOS – NOVAS TURMAS4. TEATRO REGULAR PARA CRIANÇAS – NOVAS TURMAS5. TEATRO REGULAR PARA ADOLESCENTES – NOVAS TURMAS6. OFICINA DE CANTO E VOZ7. OFICINA DE DRAMATURGIA PARA INICIANTES- TEATRO ADULTOMaiores informações, entre no site : www.ciadeteatrocontemporaneo.com.brtels.: 25375204 ou 31832391xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
1. CURSO PROFISSIONALIZANTE DE ATOR * COM ESTÁGIO GARANTIDO * INSCRIÇÕES ABERTASINÍCIO EM MARÇO DE 2009 *TURMAS : MANHÃ* NOITEVisa oferecer ferramentas para que o ator se torne um artista criador, capaz de propor caminhos, de gerar discussões e estimular pensamentos e desenvolver com mais propriedade sua arte.• Duração de 22 meses que será dividida em 3 (três) períodos de formação + 3 meses de montagem +1 mês de temporada• As aulas acontecerão 3( três ) vezes na semana• 15 vagas por turma• Ao concluir o aluno terá direito ao DRT – registro profissional de trabalho• Durante o curso, o aluno estagiará em diversas áreas dentro da Cia de Teatro Contemporâneo tendo a oportunidade de conhecer o trabalho dentro de um grupo, dentro da produção, e o desenvolvimento de diversos projetos .• O curso terá a opção de ser cursado nos turnos: manhã – tarde ou noite.Maiores informações no site : www.ciadeteatrocontemporaneo.com.br ou retorne este emailxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
RECICLAGEM PARA ATORES – O que você anda fazendo na sua carreira?Pensando em você que é ator, tem seu DRT, mas que anda sem conseguir trabalhar no que gosta, que anda enferrujado e que só não desistiu porque dentro de você a chama ainda brilha, elaboramos este curso de Reciclagem para que você se atualize e receba dicas quentes de como se produzir e gerenciar a própria carreira. Venha acordar seu corpo, treinar sua voz, checar sua verdade cênica, atualizar suas técnicas de interpretação e improvisação e ao mesmo tempo, planejar ações para entrar definitivamente no mercado de trabalho. Prepare-se tecnicamente e torne-se um ator empreendedor com a atriz, diretora e produtora cultural, Anja BittencourtPrograma do Curso:- consciência corporal e corpo em cena *- voz projetada do ator- como eu faço essa cena? Os caminhos da interpretação- técnicas de improvisação- cadastro em tv: como devo fazer ?- agencias de comerciais e de cinema – dicas- como formar um grupo de teatro- como fazer um projeto para conseguir apoio e pauta- leis de incentivo e editais –- montagem de espetáculo para apresentação no final do curso* trabalho de corpo com o prof Marcio DiasAnja BittencourtAtriz, diretora e produtora cultural, é também coordenadora do curso de pós graduação em Artes Cênicas da Universidade Estácio de Sá e coordenadora assistente do Curso de Licenciatura em Teatro, na mesma universidade. É professora de Técnicas de Improvisação, Jogos Teatrais, Interpretação e Produção. Como atriz, esta atualmente em cartaz com o espetáculo A RAINHA DO RÁDIO, sob a direção de Marcio Dias; dirige o sucesso TERAPIA DO RISO, que acaba de completar 4 anos em cartaz e como produtora, além do espetáculo que protagoniza, produziu AS ABSORVENTES.
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx3. TEATRO REGULAR PARA ADULTOS INSCRIÇÕES ABERTAS PARA 2009 ( matrícula R$ 40,00 e mensalidade R$ 110,00) * FAÇA UMA AULA EXPERIMENTALSEGUNDAS das 20h às 22h Prof. Dinho ValladaresSEGUNDAS(Teatro em francês )das 20 às 22hs Prof.Gilles GwizdekTERÇAS das 20h às 22 h prof. Regiana Antonini ( INÍCIO EM 7 de ABRIL)TERÇAS(improvisação :técnica de impro)das 20hàs22h-Prof.Claudio AmadoQUARTAS( teatro para ESPECIAIS) das 10h às 11h30 Prof.Humberto HollandaQUINTAS( Teatro para não atores) das 19h30 às 21h30 Prof.Humberto Hollanda (mensalidade R$ 130,00)SEXTAS( teatro em inglês) das 18h30 às 20h30 Prof. Andrea GasparSÁBADOS(improvisação :técnica de impro) das 11h30 às 13h30 prof.Flávio LoboSÁBADOS das 14h às 16h Prof. Dinho ValladaresSÁBADO(improvisação :técnica de impro)das 16h30 às 18h30 Prof.Claudio AmadoDOMINGO das 13h30 às 15h30 – Prof. Gilles GwizdeckDOMINGO(improvisação :técnica de impro) das 14h às 16h Prof.Claudio Amado
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx3. TEATRO REGULAR PARA CRIANÇAS* INSCRIÇÕES ABERTAS PARA 2009( matrícula R$ 40,00 e mansalidade R$ 110,00)SEGUNDAS ( de 4 à 6 anos ) – das 17 h45 às 18 45- prof. Silvia Carvalho e Eduardo AlmeidaTERÇAS ( de 4 à 6 anos ) – das 11 h40 às 12h 40– prof. Silvia Carvalho e Aline BourseauQUARTAS ( de 4 à 9 anos ) – das 17h45 às 18h45 – prof. Joana Ferry- ( início em 4de março
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx4. TEATRO REGULAR PARA ADOLESCENTES * INSCRIÇÕES ABERTAS PARA 2009( matrícula R$ 40,00 e mensalidade R$ 110,00)QUARTAS (a partir de 12) - teatro em inglês * das.14h às16h -prof. Andrea GasparQUARTAS (de 10 à 14 anos ) das.18h45 às 20 h prof. Joana Ferry – ( mensalidade R$ 120,00)SÁBADOS ( a partir de 13 anos )- das 11:30 às 13h– prof. Dinho Valladares
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx5. OFICINA DE CANTO E VOZ : * INSCRIÇÕES ABERTAS PARA( matrícula R$ 40,00 e mensalidade R$ 120,00)QUARTAS (adulto) das 20h às 22h * Prof. Paula SantoroA oficina de voz tem como intuito conscientizar os alunos da correta colocação da voz.O aparelho fonador é um dos mais usados e um dos mais desconhecidos do nosso corpo. Os pontos básicos abordados serão:* exercícios de relaxamento* respiração correta* apoio diafragmático e a conscientização e utilização correta de todos os outros músculos usados na emissão correta da voz* estudo e classificação das vogais: abertas e fechadas, linguais e labiais* exercícios para a melhoria da dicção* noções básicas de ritmo* vocalises para o aquecimento vocal * canto propriamente dito* leitura de textos* atividades em grupo, usando a voz e o corpo ao mesmo tempo*_PAULASANTORO _* www.paulasantoro.com.br <http://www.paulasantoro.com.br/>
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx6.OFICINA DE DRAMATURGIA PARA INICIANTES- TEATRO ADULTOProf. Ivan Fernandes4ªs de 20:00 ás 22:00 horas - início dia 14 de janeiroMatrícula : R$ 40,00Mensalidade R$ 110,00Você tem vontade de escrever? Já escreve e quer aperfeiçoar seu talento?A oficina de dramaturgia é um curso aberto para maiores de 16 anos, com ou sem experiência teatral. O curso oferece ao aluno noções de técnicas de dramaturgia e roteiro, estrutura das histórias e diálogos, com exemplos tirados das principais peças e filmes. e não fica só por aí: os alunos são incentivados a escrever seus próprios trabalhos. ao final da oficina, peças produzidas serão apresentadas para o público, através de leituras dramatizadas e/ou exibidas no programa de televisão CENA E CIA.O PROFESSORIvan Fernandes é autor e diretor de peças teatrais. Fez parte do movimento Nova Dramaturgia Carioca, que ocupou teatros municipais com montagens, leituras e oficinas. Foi professor da oficina de dramaturgia da Universidade Federal de São João Del Rey. Sua peça "Jumping Jack Flash" está sendo atualmente editada e montada na Alemanha. Também é membro do grupo de improvisação "Teatro do Nada", que estuda as estruturas das histórias e dos gêneros teatrais. Foi o juiz técnico do último campeonato de improvisação da cia de teatro contemporâneo.Qualquer dúvida ou maiores informações pode me retornar , ok.AbsAline BourseauCAI O PANO

Maiores informações no site do Grupo :

www.ciadeteatroconteporaneo.com.br


mAIOR

CONCERTO DE ANIVERSÁRIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES

ONG ORQUESTRANDO A VIDA
TEM A HONRA DE CONVIDAR PARA O CONCERTO
EM COMEMORAÇÃO AO ANIVERSÁRIO DE CAMPOS .


DIA 28 DE MARÇO ÀS 20 HORAS
LOCAL TEATRO MUNICIPAL TRIANON
ENTRADA FRANCA .

sexta-feira, 20 de março de 2009

II Conferência Nacional de Cultura

II Conferência Nacional de Cultura Amigos (as) da Cultura
Em 2009 desejamos, saúde, paz e prosperidade. Aproveitamos para lembrar queneste ano, faremos a II Conferencia Nacional de Cultura e contamos com oapoio e participação de todos (as) para a construção das políticas públicasdo setor. Descrição do tema: Em 2009, o MinC promoverá a II Conferência Nacional deCultura, com objetivo de desenvolver políticas públicas de cultura epromover a participação social. A II CNC terá como tema central “Cultura,cidade e desenvolvimento local” abordando o papel do Estado e da sociedadena construção da cidadania, no desenvolvimento das cidades, na produçãosimbólica, na economia da cultura e na consolidação do Sistema Nacional deCultura. Indicativo de datas:Até 30 de agosto de 2009 – Conferências Municipais de CulturaAté 4 de outubro de 2009 – Conferências Estaduais de Cultura1ª semana de Dezembro de 2009 – Conferência Nacional de CulturaA proposta de tema, a forma de escolha dos delegados que representarão osestados e municípios na II CNC, os eixos e as datas deverão ser apresentadose aprovados na primeira reunião anual do Conselho Nacional de PolíticasCulturais, prevista para acontecer em março de 2009, em Brasília.Desde já agradeço pela cooperação.Att,Fred MaiaGerente de Articulação NacionalSecretaria de Articulação InstitucionalMinistério da Cultura

quinta-feira, 19 de março de 2009

VENCEDORES DO 21º PRÊMIO SHELL DE TEATRO DE SÃO PAULO

VENCEDORES DO 21º PRÊMIO SHELL DE TEATRO DE SÃO PAULO

**Diretor**Marco Antônio Braz, por "A Alma Boa de Setsuan"*Cláudio Dias, Marcelo Souza e Silva, Odilon Esteves, Rômulo Braga e JoséWalter Albinati, da Cia. Luna Lunera, por "Aqueles Dois"Fábio Resende, por "A Brava"Alvaro Assad, por "A Noite dos Palhaços Mudos"Marco Antonio Rodrigues, por "A Coleira de Bóris"Rita Clemente, por "Amores Surdos"*Ator**Domingos Montagner, por "A Noite dos Palhaços Mudos"**Fernando Sampaio, por "A Noite dos Palhaços Mudos"*Nilton Bicudo, por "O Natimorto - um Musical Silencioso"Ésio Magalhães, por "Encruzilhados - entre a Barbárie e o Sonho"Marcelo Médici, por "O Mistério de Irma Vap"*Atriz**Isabel Teixeira, por "Rainha[(s)] - Duas Atrizes em Busca de um Coração"*Cácia Goulart, por "Bartleby"Paula Arruda, por "O Céu Cinco Minutos Antes da Tempestade"Denise Fraga, por "A Alma Boa de Setsuan"*Autor**Marçal Aquino e Marília Toledo, por "Amor de Servidão"*Grace Passô, por "Amores Surdos"Sérgio Roveri, por "A Coleira de Bóris"Jandira Martini, por "O Eclipse"*Cenário**Renato Bolelli Rebouças, por "Arrufos"*André Cortez, por "Orlando Furioso"Cláudio Dias, Marcelo Souza e Silva, Odilon Esteves, Rômulo Braga e JoséWalter Albinati, da Cia. Luna Lunera, por "Aqueles Dois"Márcio Medina, por "A Alma Boa de Setsuan"André Cortez, por "Bartleby"Bruna Christófaro, por "Amores Surdos"*Figurino**Silvana Marcondes, Fernando Sato e Júlio Dojcsar, por "O Santo Guerreiro eo Herói Desajustado" *Marcelo Pies, por "Hamlet"Verónica Julian, por "A Alma Boa de Setsuan"Rosângela Ribeiro, por "Senhora dos Afogados"*Iluminação**Felipe Cosse e Juliano Coelho, por "Aqueles Dois"*Wagner Freire, por "A Alma Boa de Setsuan"Carlos Gaúcho, por "A Coleira de Bóris"Lúcia Chedieck, por "Memória do Mundo"*Música**Josimar Carneiro, pela direção musical de "Divina Elizeth"*Beto Firmino, por "O Público"João Poleto, por "Orlando Furioso"Lincoln Antonio, por "Rainha[(s)] - Duas Atrizes em Busca de um Coração"Marcelo Pellegrini, pela trilha sonora original de "A Noite dos PalhaçosMudos"*Categoria especial**Centro de Pesquisa Teatral do Sesc, pelos 10 anos do projeto Prêt-à-Porter*Aderbal Freire-Filho com Bárbara Harrington e Wagner Moura, pela tradução de"Hamlet"Grupo Sobrevento, pela pesquisa da técnica dos "pupi" no espetáculo debonecos "Orlando Furioso"Teatro Máquina, pela técnica de manipulação direta e aparente do espetáculo"O Cantil"-- Ruy Jobim NetoCia. Mestremundo de Histórias(11) 9524-1968jobimneto.ruy@ gmail.comhttp://mestremundo. blogspot. com

Festival de Esquetes de Campos


Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos Festival de Esquetes de Campos


SESC RIO UNIDADE CAMPOS


Festival de Esquetes de Campos
O Festival de Esquetes é uma realização do SESC Rio, em parceria com o CBTIJ - Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude, traduzindo-se em uma mostra não competitiva que tem por objetivo oferecer aos grupos de teatro, amadores e/ou profissionais, a oportunidade de apresentação e divulgação dos seus trabalhos, além de contribuir para a formação de platéias, facilitando a difusão das artes cênicas permitindo o intercâmbio de experiências.
As apresentações, que terão como tema central o humor, acontecerão na unidade SESC Campos, no período de 13 a 16 de maio.
As inscrições serão realizadas no período de 18 março a 18 de abril de 2009.Os interessados deverão ler o
Regulamento - Festival de Esquetes de Campos.pdf, preencher a ficha de inscrição e enviar, juntamente com os trabalhos para o e-mail: campos.cultura@sescrio.org.br
Ficha de Inscrição Festival de Esquetes de Campos


Para aqueles que desejarem entregar os trabalhos na forma impressa, deverão baixar a ficha de inscrição, preencher os campos e entregar pelo correio ou em mãos, no mesmo período, para o seguinte endereço: Av. Alberto Torres, 397 - Centro - Campos dos GoytacazesRio de Janeiro - Brasil - CEP.: 2003558
Festival de Esquetes de Campos

Festival de Esquetes de Campos


Festival de Esquetes de Campos
O Festival de Esquetes é uma realização do SESC Rio, em parceria com o CBTIJ - Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude, traduzindo-se em uma mostra não competitiva que tem por objetivo oferecer aos grupos de teatro, amadores e/ou profissionais, a oportunidade de apresentação e divulgação dos seus trabalhos, além de contribuir para a formação de platéias, facilitando a difusão das artes cênicas permitindo o intercâmbio de experiências.
As apresentações, que terão como tema central o humor, acontecerão na unidade SESC Campos, no período de 13 a 16 de maio.
As inscrições serão realizadas no período de 18 março a 18 de abril de 2009.Os interessados deverão ler o
Regulamento - Festival de Esquetes de Campos.pdf, preencher a ficha de inscrição e enviar, juntamente com os trabalhos para o e-mail: campos.cultura@sescrio.org.br
Ficha de Inscrição Festival de Esquetes de Campos
Para aqueles que desejarem entregar os trabalhos na forma impressa, deverão baixar a ficha de inscrição, preencher os campos e entregar pelo correio ou em mãos, no mesmo período, para o seguinte endereço: Av. Alberto Torres, 397 - Centro - Campos dos GoytacazesRio de Janeiro - Brasil - CEP.: 2003558




SESC Rio
Festival de Esquetes Teatrais
1ª Edição
REGULAMENTO
O Festival de Esquetes é uma realização do SESC Rio, em parceria com o CBTIJ –
Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude, traduzindo-se em uma mostra
não competitiva que tem por objetivo oferecer aos grupos de teatro, amadores e/ou
profissionais, a oportunidade de apresentação e divulgação dos seus trabalhos, além
de contribuir para a formação de platéias, facilitando a difusão das artes cênicas
permitindo o intercâmbio de experiências.
I - Definição de Esquetes:
Cenas com duração máxima de 12 minutos, com tolerância máxima 3 minutos, com
textos curtos ou cenas de peças conhecidas ou inéditas.
II – Objetivos do Festival:
- Contribuir para a descoberta de novos talentos no campo das artes cênicas;
- Estimular a produção e criação de textos teatrais;
- Intercambiar experiências, divulgando e estimulando a produção teatral;
- Contribuir para a formação de platéia, despertando o gosto pelo teatro.
III – Inscrições:
As inscrições serão realizadas no período de 18 março a 18 de abril de 2009,
acessando o seguinte site: www.sescrio.org.br
Os trabalhos deverão ser entregues impressos e/ou enviados por e-mail, pelo correio
ou em mãos, no mesmo período, nos seguintes endereços:
campos.cultura@sescrio.org.br e/ou Av. Alberto Torres, 397 – Centro – Campos dos
Goytacazes – Rio de Janeiro – Brasil – CEP.: 2003558
IV- Realização:
O Festival de Esquetes Teatrais será realizado nas instalações da Unidade do SESC Rio
em Campos dos Goytacazes, em espaços alternativos e/ou teatro da referida Unidade
de acordo com as necessidades operacionais de cada apresentação no período de 13
a 16 de maio de 2009.
V – Tema Central:
O tema é Humor, sendo aceitos textos inéditos ou conhecidos.
VI – Participação:
- Poderão participar do festival grupos amadores e profissionais com uma única
inscrição por grupo e no máximo 3 propostas de esquetes;
- Cada grupo deverá eleger seu representante, que será o responsável pela inscrição,
produção e pelo grupo.
- Relação nominal do elenco com cópia da certidão de nascimento ou carteira de
identidade, com identificação por participante da companhia ou grupo;
- As companhias e grupos só poderão inscrever maiores de 18 anos com comprovação
de idade, anexando cópias de documentos;
- As companhias e/ou grupos deverão se apresentar 2 (duas) horas antes do
espetáculo;
- As despesas com transporte, alimentação e hospedagem, correrão por conta das
companhias e grupos participantes;
- As companhias e grupos participantes receberão ajuda de custos considerando a sua
origem e atuação geográfica, a seguir:
. R$200,00 (Duzentos reais ) – Campos e Região Norte e Noroeste Fluminense
. R$ 400,00 (Quatrocentos reais) – Niterói, Rio e Região Sul Fluminense.
. Para os demais estados mantêm-se o maior valor;
OBS.: Os valores acima mencionados terão seus descontos de praxe.
VII -Avaliação:
Os trabalhos serão avaliados por comissão formada por profissionais do Centro
Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude – CBTIJ, sob a supervisão do SESC
Rio,
Não haverá processo seletivo, os trabalhos serão avaliados levando em conta o
cronograma de apresentações e necessidades técnico-operacionais;
VIII- Outras informações:
- As companhias e/ou grupos inscritos deverão apresentar no ato da inscrição a
relação das necessidades técnicas e operacionais;
- Autorização de direitos autorais emitido pelo ECAD e do SBAT, de acordo com as
exigências legais;
IX – Casos Omissos:
Os casos omissos serão avaliados pela instituição realizadora.
Campos dos Goytacazes, 3 de março de 2009





Ficha de Inscrição


Grupo:
E-mail:
Espetáculo:

Autor:

Elenco por ordem de entrada: Personagens:






Cidade: Estado:
Sinopse da Peça:










Responsável pela Direção:
Figurinos:
Maquilagem:
Responsável pelo Grupo:
Tels:
E-mail:
RG:
CPF:
Pis /Pasep:

Endereço:
Cidade:
Estado:
CEP:


Prêmio SESC de Literatura 2009


Um grande começo
Embates. As constatações da vida na velhice e as impossibilidades da narrativa a partir de vivências no Rio de Janeiro são os temas vencedores do Prêmio SESC de Literatura 2008. O concurso, que recebeu 457 inscrições de todo o Brasil, divulga agora os dois escritores inéditos escolhidos para publicação. São eles o baiano Márcio Ribeiro Leite, autor do romance O momento mágico, e o carioca residente em Brasília Sergio Leo, com a coletânea de contos Mentiras do Rio.
Márcio sobressaiu-se entre os 24 romances pré-selecionados, enquanto Sergio Leo foi destaque dentre os 51 livros de contos que passaram pela primeira seleção. Em O momento mágico, um homem idoso dialoga com a vida e a morte através de escritos; nos contos de Mentiras do Rio, locais e personagens da cidade servem a exercícios de reflexão do autor.
O concurso ainda concedeu menção honrosa a três romances: Vale Grande, do potiguar José Jorge de Mendonça; Com quem o demônio aprende, de Edson Dourado Marques, do Mato Grosso do Sul; e Paroxetina ou crônicas de um ansioso crônico, do paulista de Guaratinguetá Bruno Machado de Oliveira. Na categoria contos não houve menção honrosa.
Articulação Os 75 livros selecionados para a fase final foram escolhidos por subcomissões regionais sediadas em Pernambuco, Ceará, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso e Rio de Janeiro. Da comissão final participaram os escritores Beatriz Bracher e Alcir Pécora (romance) e Luiz Vilela e Flávio Carneiro (contos).
O lançamento dos vencedores com selo da Editora Record, parceira do SESC no Prêmio, está marcado para o final de junho, na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro. Após o lançamento, os novos escritores passam a integrar as diversas ações de fomento do SESC à leitura e à escrita pelo Brasil, como feiras de livros, seminários, jornadas literárias.
O novo Edital será lançado em maio. As inscrições para o Prêmio SESC de Literatura 2009 vão de 5 de maio a 15 de setembro.


Um grande começo
Embates. As constatações da vida na velhice e as impossibilidades da narrativa a partir de vivências no Rio de Janeiro são os temas vencedores do Prêmio SESC de Literatura 2008. O concurso, que recebeu 457 inscrições de todo o Brasil, divulga agora os dois escritores inéditos escolhidos para publicação. São eles o baiano Márcio Ribeiro Leite, autor do romance O momento mágico, e o carioca residente em Brasília Sergio Leo, com a coletânea de contos Mentiras do Rio.
Márcio sobressaiu-se entre os 24 romances pré-selecionados, enquanto Sergio Leo foi destaque dentre os 51 livros de contos que passaram pela primeira seleção. Em O momento mágico, um homem idoso dialoga com a vida e a morte através de escritos; nos contos de Mentiras do Rio, locais e personagens da cidade servem a exercícios de reflexão do autor.
O concurso ainda concedeu menção honrosa a três romances: Vale Grande, do potiguar José Jorge de Mendonça; Com quem o demônio aprende, de Edson Dourado Marques, do Mato Grosso do Sul; e Paroxetina ou crônicas de um ansioso crônico, do paulista de Guaratinguetá Bruno Machado de Oliveira. Na categoria contos não houve menção honrosa.
Articulação Os 75 livros selecionados para a fase final foram escolhidos por subcomissões regionais sediadas em Pernambuco, Ceará, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso e Rio de Janeiro. Da comissão final participaram os escritores Beatriz Bracher e Alcir Pécora (romance) e Luiz Vilela e Flávio Carneiro (contos).
O lançamento dos vencedores com selo da Editora Record, parceira do SESC no Prêmio, está marcado para o final de junho, na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro. Após o lançamento, os novos escritores passam a integrar as diversas ações de fomento do SESC à leitura e à escrita pelo Brasil, como feiras de livros, seminários, jornadas literárias.
O novo Edital será lançado em maio. As inscrições para o Prêmio SESC de Literatura 2009 vão de 5 de maio a 15 de setembro.

Importante informação pra criança

17 de março de 2009
Ministro afirma que Varas da Infância devem ser instaladas em todos os municípiosO Ministro Gilmar Mendes, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), disse na manhã de ontem, 16, que o CNJ vai trabalhar para garantir a instalação de Varas da Infância e Juventude em todos os municípios brasileiros. “O CNJ está comprometido em cumprir com a determinação de que todas as cidades tenham instalada uma Vara destinada à infância”, enfatizou o ministro. A declaração foi proferida durante encontro com o presidente da Fundação Abrinq, Synésio Batista da Costa, em São Paulo. Durante o encontro, o presidente da Abrinq refor&cced il;ou junto ao ministro a necessidade de que esta medida seja adotada com urgência. “No próximo mês, o CNJ vai promover um evento nacional com juízes das Varas e Tribunais de todo o país para avançar no tema”, garantiu o presidente do Conselho. Em parceria com a ABMP e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o CNJ está desenvolvendo uma pesquisa nacional que permitirá a construção de indicadores que subsidiem a criação da varas da Infância e da Juventude no Brasil. Levantamento realizado pela ABMP em 2008 e apresentado ao Conselho Nacional de Justiça, revelou que a atual estrutura do Sistema de Justiça não é capaz de assegurar a prioridade absoluta de crianças e adolescentes prevista em lei.Conselho Na cional de Defensores cria Comissão da Infância e JuventudeEm encontro realizado em março, o Conselho Nacional de Defensores Públicos Gerais (Codenge) aprovou a criação de uma comissão voltada para as questões da infância e da juventude. Na ocasião, o Conselho também aprovou a recomendação de que os defensores recebam apoio institucional para participar de eventos da ABMP e da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep). O Codenge também se comprometeu a apoiar institucionalmente as ações encampadas pela ABMP, como eventos, pesquisas e diagnósticos. Os membros da comissão recém criada serão indicados até o final de março e a eleição de coordenadores está prevista para o encontro nacional de coordenadores e conselheiros da ABMP, que acontecerá nos dias 4 e 5 de abril, em São Paulo. A ABMP foi representada no encontro pelos associados e defensores públicos, Diego Vale e Maria Carmen Albuquerque Novaes, coordenadores da Associação nos estados de São Paulo e Bahia, respectivamente. A ABMP manifesta sua satisfação e saúda os integrantes do Codenge pelos encaminhamentos adotados.Conanda define eixos para as conferências dos direitos da criançaEm 2009, municípios, estados e União irão promover as conferências dos direitos da criança e do adolescente. Estes encontros devem consolidar diretrizes para a construção de uma Política Nacional na área, válida pelo período d e dez anos. Essa construção deve partir de planos já aprovados pelo Conanda, como o Sinase (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo) e o Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária. O Conselho definiu cinco eixos que deverão nortear os debates:• Promoção e universalizaçã o de direitos em um contexto de desigualdades;• Proteção e defesa no enfrentamento das violações de direitos humanos de crianças e adolescentes;• Fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos;• Participação de crianças e adolescentes em espaços de construção da cidadania;• Gestão da política.As conferências municipais devem acontecer até dia 30 de junho e as estaduais até 15 de setembro. A etapa nacional está marcada para o período de 7 e 10 dezembro, em Brasília. Para mais informações entre em contato com a secretaria executiva do Conanda pelo e-mail conanda@sedh. gov.br ou pelo telefone (61) 3429-3525.
Parceria com Instituto Camargo Correa fortalece ações de comunicaçãoA ABMP renovou por mais um ano a parceria com o Instituto Camargo Correa e, assim, dará continuidade às ações de comunicação que começou a implementar em julho de 2008. A atual parceria inclui a produção de boletins eletrônicos quinzenais, produção de informativos internos exclusivos para associados, atualização constante do site, envio periódico de informações sobre a Associação para a imprensa e produção de boletins impressos quadrimestrais distribuídos em todo o Brasil. Para atualizar seus contatos junto à Assessoria de Comunicação da ABMP, envie um email para:
< face="Verdana" size="2">comunicacao@ abmp.org. br.

terça-feira, 17 de março de 2009

20 de Março - Dia NACIONAL / MUNDIAL do Teatro para a Infância e Juventude

1. Uma Conquista do CBTIJ
2. Carta da ASSITEJ Internacional



1. Uma Conquista do CBTIJ

O CBTIJ - Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude foi criado, em dezembro de 1995, por profissionais da área de teatro para crianças. É uma entidade sem fins lucrativos (com fins não econômicos) que visa à união dos profissionais da área e à expansão de um teatro de qualidade que contribua para a formação da infância e da juventude brasileiras. Entre os objetivos da entidade está o de promover ações para a divulgação, a difusão e o desenvolvimento do teatro, defendendo a profissionalização da classe.Além de propor políticas de acesso ao teatro, o CBTIJ tem também como objetivo ampliar os direitos culturais da criança e do adolescente e consolidar, perante instituições e governo, a igualdade no tratamento aos artistas que dedicam seu trabalho a este público em relação aos demais profissionais da área das artes cênicas.

Promovendo intercâmbios internacionais, o CBTIJ é representante no Brasil da ASSITEJ - Associação Internacional de Teatro para a Infância e Juventude. Em atividade em mais de 80 países, a ASSITEJ tem contribuído para uma política junto a governos e instituições de promoção da dignidade profissional nesta área e de desenvolvimento da infância através do Teatro. Também faz parte do recém criado Bloco Latino-Americano, formado por ASSITEJ dos países da América do Sul e Central. Em 2001, a ASSITEJ instituiu 20 de março como o Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude. Esta data é comemorada em mais de 80 países onde entidades como a nossa se fazem presentes. Por iniciativa do CBTIJ, há três anos trabalhávamos para que o Dia Nacional do Teatro para a Infância e Juventude fosse oficializado, o que aconteceu em 2008 através da Lei 10.722.

O Rio de Janeiro foi o primeiro estado a reconhecer a data e a instituir em seu calendário oficial o Dia Estadual do Teatro para a Infância e Juventude através da Lei 191/2003. Ações já estão sendo coordenadas para que a data também seja reconhecida oficialmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco.
Além de ter sido agraciado com a Moção de Aplauso e Louvor pela Assembléia do Estado do Rio de Janeiro, com a Moção de Louvor da Câmara de Vereadores do Município do Rio de Janeiro e com o Prêmio Ventoforte, o CBTIJ já foi declarado de Utilidade Pública Municipal e Estadual, sendo reconhecida assim a importância de suas ações nestes doze anos de atividades em prol do teatro para crianças e jovens.

O CBTIJ possui o mais completo site de informações sobre teatro para crianças e jovens: História, Acervo (cartazes e programas), Entrevistas, Artigos e Reflexões, Pesquisas Acadêmicas, Críticas de Espetáculos, Resgate de nomes que muito contribuíram para o teatro infantil, Prêmios e muito mais, além de informações completas sobre nossas realizações e sobre a entidade.
Tradicionalmente, um artista plástico cria um cartaz para comemorar esta data, mas este ano montamos um painel de fotos de espetáculos que engrandeceram nossa história nos últimos 60 anos.


2. Carta da ASSITEJ Internacional escrita por Roberto Frabetti

As crianças têm seu espaço e tempo próprios.
Que nem sempre é o mesmo espaço e tempo dos adultos.
Os adolescentes têm outro espaço e tempo.
E o espaço e o tempo das crianças pequenas também são diferentes.
Espaço e tempo definem uma dimensão.
Espaço e tempo constituem a base do ritmo.
E o ritmo constitui a base do teatro e da própria vida.
A base da comunicação, com nós mesmos e com os outros.
Fazer teatro para crianças – de qualquer idade -, ou fazer teatro para adolescentes ou jovens, significa entrar em novos espaços e tempos.
Significa experimentar novos ritmos para encontrar um ritmo comum.
Procurar um ritmo comum significa procurar um território neutro.
Não a terra de ninguém, flutuando no meio de um conflito.
Mas uma terra que não pertence a ninguém, ainda sem conflitos, uma terra livre. Onde nada precisa ser defendido, mas onde é possível finalmente compartilhar algo.
Um conhecimento, uma pergunta, uma dúvida e até uma emoção;
Costuma-se dizer que uma das maiores ilusões do homem é sua capacidade de compartilhar suas emoções com os outros.
De alcançar um estado de fusão, de comunhão empática.
Diz-se também que isso é impossível na vida real, a não ser quando nasce um amor.
Talvez possamos ter compaixão, vivermos uma emoção próximos a outra pessoa, sentirmos emoções ao mesmo tempo. Que são, mesmo assim, emoções diferentes.
Posso ficar contente de que você esteja feliz, mas eu não estou “feliz”, eu estou “contente”.
Eu simpatizo enquanto você vive uma emoção intensa.
Posso ficar com pena da sua tristeza. Mas o que eu sinto não é tristeza; é algo diferente, mais leve.
Talvez possamos compartilhar uma emoção intensa, coletiva, parecida com a que nos une em torno de um time, mas é difícil compartilhar uma emoção pessoal profunda.
Gosto de pensar que o desejo inatingível de um estado de fusão é uma das razões que levaram o homem a precisar fazer e vivenciar arte.
Em particular, um tipo “vivo” de arte; a arte que exige a presença de atores e platéia ao mesmo tempo.
Como na música, na dança e no teatro.
Na ficção do teatro é possível compartilhar emoções profundas e, portanto, “reais”.
Se assistirmos Romeu e Julieta juntos, juntos podemos esperar que o sol nasça, sabendo que ele já nasceu.
Sendo Julieta que retarda, sem querer; ou sendo Romeu que fica, sabendo o que vai acontecer.
Se todas as alquemias funcionam e se existe verdade.
A verdade é fundamental.
Falo da verdade dos que sabem que estão vivendo numa terra “livre”.
Que não é nem minha, nem sua. É uma terra de passagem e encontro.
É a verdade de um tipo de teatro que não celebra atores e artistas, mas um em que atores e artistas vivem intensamente o que fazem e a oportunidade que a vida lhes ofereceu: poder pisar em terras livres, onde é possível vislumbrar fusão.
Ao fazer teatro para crianças e jovens, qualquer que seja sua idade, a terra livre muitas vezes está visível. Porque “eles” têm seu próprio espaço e tempo. Não os podemos encapsular em nossa dimensão, devemos tentar nos mover e buscar um novo ritmo.
O ritmo de um encontro. O ritmo produzido ao tentar e conseguir conhecer os outros, sendo únicos, sendo diferentes.
Esta é uma das muitas características, e a mais importante, do teatro para crianças.
Que não é um teatro “menor”, e sim um lugar de pesquisa artística e humana profunda.
Porque as crianças tem o direito de interagir com adultos que as respeitem como seres humanos.
A arte e o teatro podem representar uma terra onde os encontros são possíveis, onde outros espaços e tempos podem se entrelaçar, cheios de deslumbramento, permitindo-nos tocar as cordas da nossa sensibilidade mais profunda.
Mensagem de Roberto Frabetti
Testoni Ragazzi/ La Baracca
Bolonha, Itália


SESC CAMPOS AMANHÃ SEM FALTA ...




DIA 18 DE MARÇO - 19 HORAS EXIBÇÃO DO FILME MACUMAIMA -ENTRADA FRANCA


SESC-CAMPOS - AV ALBERTO TORRES




DIA 18 DE MARÇO -19 HORAS BATE PAPO Entrada Franca



A HISTÓRIA DO CIRCO , Marcos Teixeira, Coordenador Nacional do Circo / Funarte
A origem do circo, incentivos, produção de espetáculos as escolas de circo do Brasil.

BOLETIM FAZ DE CONTA DE LEITURA ...



Seminário Formação de Mediadores de Leitura I


Foi realizado em São Paulo, nos dias 12 e 13, o Seminário Formação de Mediadores de Leitura. O evento contou, em sua mesa de abertura, com a participação de Juca Ferreira, ministro da Cultura; Marcelo Soares, diretor de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica; Jorge Yunes, presidente do Instituto Pró-Livro; Sigrid Weiss, presidente da Federação Brasileira de Associação de Bibliotecários; Carlos Tibúrcio, assessor da Presidência da República; Fabiano dos Santos, do Ministério da Cultura; e José Castilho Marques Neto, secretário executivo do PNLL, que coordenou os trabalhos. Na ocasião, foi feita uma homenagem ao dia do bibliotecário, comemorado em 12 de março. Confira a cobertura completa nesta edição do Boletim PNLL.



Seminário Formação de Mediadores de Leitura II


O evento também contou com a presença dos escritores Marina Colassanti, Affonso Romano de Sant´Anna e Bartolomeu Campos de Queirós; Anna Claudia Ramos, da AEI-LIJ; Cleide Soares, do programa Arca das Letras, do MDA; Eliane Pszczol do PROLER/FBN; Ezequiel Theodoro, da ALB/Unicamp; Francisco Gregório Filho, da Cátedra da Leitura da Unesco-PUCRJ; Georgete Lopes Freitas, da CFB; Ilce Cavalcanti, da BN; Ísis Valéria Gomes, da FNLIJ; Jason Prado, do Leia Brasil; Jéferson Assumção, secretário de Cultura de Canoas; João Luís Ceccantini, da Unesp; Lucília Garcez, da UNB; Marisa Lajolo, secretária de Educação de Atibaia; Regina Pamplona, assessora do deputado Marcelo Almeida, da Frente Parlamentar da Leitura; Rosângela Rossi, assessora da Presidência da República; Tânia Rösing, da Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo; e Telma Teixeira, da OEI.



A leitura inserida na vida das pessoas


O ministro Juca Ferreira comentou que os três ambientes prioritários para o desenvolvimento da leitura são a família, a escola e a biblioteca. Também abordou a relação profunda e extremamente particular entre o leitor e o livro, pois só se aprende a ler lendo. Destacou a ação do Ministério frente à necessidade premente de modernização das bibliotecas como novos centros de cultura, que se consubstanciam no programa Mais Cultura. E reforçou a criação de uma instituição específica para a área, a Fundação ou Instituto Nacional do Livro.



Ações do MEC dão materialidade ao Livro e à Leitura


Durante o Seminário Formação de Mediadores de Leitura, Marcelo Soares, diretor de Política de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica do Ministério da Educação, citou diversas ações que possuem interface com o PNLL e que foram instituídas para materializar a política relacionada ao livro e à leitura no Brasil. Destacou ainda que o grande desafio no momento é criar uma estratégia de formação do professor/leitor.



Bibliotecas em todas as cidades do Brasil


Durante o debate, que abriu o segundo dia do Seminário Formação de Mediadores de Leitura, foi divulgado que o ministro da Cultura Juca Ferreira e o presidente Lula anunciam ainda este ano que foi zerado o número de municípios brasileiro sem biblioteca. Segundo Fabiano dos Santos, responsável pelo programa Mais Cultura do MinC, o presidente está bastante engajado e cobra quase que diariamente os resultados do projeto. A boa notícia foi repercutida, entre outros, por Affonso Romano de Sant´Anna em seu
Blog.


Carta Aberta e curso de formação de mediadores


No decorrer do Seminário Formação de Mediadores de Leitura, foi redigida uma Carta Aberta em prol do Livro e da Leitura. Também foi escrita uma proposta para formação de professores mediadores de leitura, com cinco módulos de 40 horas cada. Os principais pontos deste trabalho serão a construção do eu-leitor, um processo de sensibilização e de imersão cultural; a vivência de leitura em meios eletrônicos; e a elaboração de projetos de práticas leitoras em cada um dos módulos. Além disso, os participantes reforçaram as recomendações feitas no Fórum Literatura na Escola .


Ministro Juca Ferreira apresenta o PNLL para representantes internacionais



Tecendo Leitura no Sítio


Na zona rural de Caxias, no Maranhão, oficinas possibilitam a jovens na faixa de 8 a 12 anos tomarem contato com o universo literário. O projeto, que integra o

Eixo 2 (Fomento à Leitura e à Formação de Mediadores) do PNLL, coloca semanalmente um acervo à disposição das crianças. Também é feito um trabalho, junto com a leitura dos textos, de conscientização ecológica e de cultivo à cultura local, destacando valores essenciais para a formação humana.


Congreso Internacional de Publicaciones Universitarias de Iberoamérica



Em agosto, acontece a XXII Feria Internacional del Libro de Bogotá. E é quando a capital colombiana também

sedia, entre os dias 12 e 14, o VII Congreso Internacional de Publicaciones Universitarias de Iberoamérica - Conocimiento y Sociedad. Serão três os grandes eixos temáticos: Impacto das publicações científicas no mundo acadêmico; Marco legal e livre acesso ao conhecimento; e Publicações acadêmicas.


Inscrições abertas para o Prêmio Ibero-americano SM de Literatura



A Fundação SM recebe, até o dia 30 de junho,

inscrições para a quinta edição do Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil, que tem por objetivo reconhecer escritores vivos que contem com uma obra literária relevante voltada para crianças e jovens, considerada de valor e escrita em qualquer uma das línguas faladas na Ibero-América. Os candidatos devem ser apresentados por uma instituição cultural ou educativa, associação ou grupo de pessoas, relacionados com a literatura infantil e juvenil. Cada instituição pode inscrever apenas um candidato, mas o mesmo candidato poderá ser inscrito por várias instituições. As inscrições vão até o dia 30 de junho. Em outubro, serão anunciados os finalistas. A entrega do prêmio, no valor de 30 mil dólares americanos, acontecerá na Feira Internacional Del Libro de Guadalajara, no México. Em 2008, o vencedor foi o brasileiro Bartolomeu Campos de Queirós.




Agenda nacional



Bienal Internacional do Livro da Bahia (BA)17 a 26 de abril


Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas (MG)25 de abril a 3 de maio




Agenda Internacional



Salão do Livro de Paris (França)13 a 18 de março


Feira do Livro Infantil de Bologna (Itália)23 a 26 de março


Feira do Livro de Londres (Inglaterra)20 a 22 de abril


Feira do Livro de Buenos Aires (Argentina)23 de abril a 11 de

quinta-feira, 12 de março de 2009

INFORMATIVO GRUPO FAZ DE CONTA 2009

DIA DO BIBLIOTÉCARIO
12 de março, data do nascimento do bibliotecário e escritor Manuel Bastos Tigre, é o Dia do Bibliotecário. Entre as várias comemorações, a Bibli
oteca da Presidência da República promove, em Brasília,
Bibliotecário no Brasil - O mundo da informação: o capital humano em debate, no próprio dia 12, com palestras e exposições no auditório do anexo I, Palácio do Planalto. Também no dia 12, às 14h, acontece o 3º Encontro Regional de Bibliotecários, na Universidade de Taubaté. E na capital paulista, na mesma data, profissionais do setor se encontram no prédio da Imprensa Oficial, às 9h, para um café da manhã durante o qual será apresentada a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro.

Livros contra a violência juvenil

"Combater a violência com inteligência" é o lema dos policiais da base militar do Jardim Ranieri, em São Paulo, responsáveis pela implantação da Biblioteca da Base Comunitária de Segurança no bairro paulistano. A iniciativa - que integra o Eixo 1 do PNLL (Democratização do Acesso) -, conta com um acervo de aproximadamente oito mil livros e sua sede foi levantada pelos policiais, com auxílio da comunidade na doação do material de construção e mão-de-obra. Além de diminuir as taxas de violência local por proporcionar um lugar onde os jovens podem passar as tardes, a presença da BCS no Jardim Ranieri vem preencher uma lacuna cultural da região, oferecendo aos moradores de todas as idades um estímulo à leitura e à melhoria do desempenho escolar.


Circuito da Leitura


A Associação dos Amigos das Bibliotecas Comunitárias da Região Metropolitana de Belo Horizonte - SABIC-BH está desenvolvendo a Campanha Circuito da Leitura. O projeto integra o Eixo 1 do PNLL (Democratização do Acesso) e visa potencializar, centralizar, avaliar e selecionar as doações a serem distribuídas a 18 bibliotecas comunitárias, com a vantagem de permitir que os livros arrecadados cheguem em boas condições até o usuário, já que nem sempre esse material pode ser incorporado ao acervo por falta de conservação. Portanto, após um minucioso e criterioso trabalho de seleção feito por profissionais bibliotecários, os livros são entregues às bibliotecas e aqueles em más condições vão para restauração ou reciclagem.


Prêmio Vivaleitura


Estão abertas as inscrições para o prêmio Vivaleitura 2009. Até o dia 24 de julho, as instituições, empresas, órgãos públicos e pessoas físicas do Brasil podem concorrer com seus trabalhos de incentivo à leitura em três categorias distintas (Bibliotecas públicas, privadas e comunitárias; Escolas públicas e privadas; e Sociedade: empresas, ONGs, pessoas físicas, universidades e instituições sociais). Serão selecionados e divulgados em outubro cinco projetos em cada eixo. Os vencedores serão conhecidos em novembro.


CERLALC promove 3º Congreso Iberoamericano de Libreros


O Centro Regional para El Fomento Del Libro En America Latina e el Caribe (CERLALC) irá promover, dos dias 18 a 20 de abril, o terceiro Congreso Iberoamericano de Libreros, em Buenos Aires, Argentina. Com o tema El Futuro de Un Oficio, o congresso terá como foco as mudanças que o setor livreiro está sofrendo, principalmente com a entrada de inovações tecnológicas. Dentre os convidados estão Marco Marinucci, representante do Google na Itália, e Richard Uribe, do CERLALC da Colômbia. O Brasil será representado por Elizabeth Xavier, da editora Objetiva.


Propaganda mostra crianças estimulando adultos na leitura


Um vídeo que circula na internet aborda a possibilidade das crianças estimularem os adultos na leitura. Nas imagens, uma criança lê um livro, mas sua mãe a pressiona para irem embora. A jovem escolhe um livro para a mãe, envolvendo ambos no mundo literário. No Brasil, os jovens e crianças leem mais que os adultos de acordo com a pesquisa Retratos da leitura no Brasil, com uma média de 8,5 livros para a faixa etária de 11 a 13 anos e 4,2 para adultos de 30 a 39.

Ortografia é unificada, mas e a fala?
Vídeo produzido pela BBC Brasil durante o especial sobre o acordo ortográfico compara a questão da ortografia com as grandes diferenças na fala que há entre os países de língua portuguesa. Apesar de já ter gerado controvérsias nos Estados lusófonos, como o manifesto assinado por mais de 100 mil portugueses contra a junção da língua, o Novo Acordo Ortográfico será implantado. Já as falas continuarão diferentes. O vídeo ainda diz que a troca cultural no mundo lusófono pode facilitar a compreensão, além de relatar que os portugueses têm maior facilidade em entender os brasileiros do que o contrário.


E-reader Kindle integrado ao Iphone


Um aplicativo que permite aos usuários de Iphones e Ipods Touch ter acesso ao Kindle está sendo distribuído gratuitamente pela Amazon na Apple App's Store, possibilitando o acesso e a transferência dos mais de 240 mil livros encontrados no estoque da Amazon. Com o programa Kindle for Iphone and Ipod Touch, é possível começar um livro no Kindle e continuar a leitura exatamente do ponto onde parou nos hardwares da Apple. Entretanto, não é possível dar o zoom através do multi-touch do celular, bem como não há acesso a jornais, revistas e blogs, serviço limitado a apenas um Kindle. De acordo com a Reuters, "a Amazon não tem interesse em promover o produto muito rapidamente para que possa preservar sua base muito maior de receitas geradas pela venda de livros impressos, além de evitar competição direta com empresas como a Apple."

INFORMATIVO CBTIJ 2009



Rio de Janeiro, 11 de março de 2009.

Informativo 05 / 2009
www.cbtij.org.br




Curso de teatro no CBTIJ

Marcia Frederico iniciou em março um curso livre de teatro, voltado para crianças e adolescentes. As aulas acontecem aos sábados, em dois turnos: pela manhã, de 10h às 12h para crianças (de 6 a 12 anos) e de 12h às 14h para adolescentes (a partir de 13 anos). Mais informações,
cbtij@cbtij.org.br.


Concurso de Dramaturgia do CBTIJ

Já está em nosso site, os vencedores do concurso lançado pelo CBTIJ. Na categoria infantil, foi escolhido o texto de Claudia Betina Isabel Schapira, 1, 2, 3 – Quando Tudo Acaba Tudo Outra Vez (A Reencarnação das Roupas), e na mesma categoria recebeu menção honrosa o texto de Sérgio Luiz Nunes de Lima, entitulado O Pé.

Já na categoria Teatro Juvenil, o premiado foi A Última Cerejeira – Uma Fábula Zen-budista, de Abel Henrique Lima Fragoso e a menção honrosa foi para Cositas Más, de Deco Mansilha e Fernanda Badaue.


Abaixo-assinado para revogação da lei de aumento de impostos

Seguem os dois links referentes aos abaixo-assinados solicitando a revogação das modificações do Simples que foram votadas no final do ano passado. É muito importante a assinatura de todos.

Esta foi elaborada pela União das Entidades com o apoio do SEBRAE.
http://www.gopetition.com/online/25848.html

No entanto, outra petição já havia sido criada, e também vale a pena assinar.
http://www.petitiononline.com/ip9s1234/petition.html


Espetáculos de nossos associados em cartaz


A História de Romeu e Julieta – Texto e Direção: João Batista.
Até 29 de março – Sábados e Domingos às 16h
Oi Futuro
Rua Dois de Dezembro, 63 - Flamengo - Rio de janeiro
Tel. 3131-3060


Ciranda – Direção: Andréa Elias Realização: Teatro Xirê
De 19 a 22 de março: Quinta-feira e Sexta-feira, às 14h e Sábado e Domingo, às 16h
Caixa Cultural
Avenida Almirante Barroso, 25 – Centro - Rio de Janeiro
Tel. 2544.7666


Quando Crescer, eu Quero Ser... – Direção: Andréa Elias Realização: Teatro Xirê
De 26 a 29 de março: Quinta-feira e Sexta-feira, às 14h e Sábado e Domingo, às 16h
Caixa Cultural
Avenida almirante barroso, 25 – Centro - Rio de janeiro
Tel. 2544.7666


Quixotesca e Pançuda! O roubo dos anéis de Saturno! – Texto e Direção: Larissa Câmara
Realização: Grupo Caixa Vermelha
Até 05 de abril – sábados e domingos, às 17h
Teatro Gláucio Gil
Praça Cardeal Arcoverde, s/nº - Copacabana – Rio de janeiro
Tel. 2332-7902


Tem Areia no Maiô – Realização: As Marias da Graça Associação de Mulheres Palhaças
Direção: Beto Brown
Até 29 de março – sábados e domingos às 16h
Centro Cultural Justiça Federal
Avenida Rio Branco, 241 – Centro – Rio de Janeiro
Tel. 3261-2550

A Energia da Arte - SESC Rio



A Energia da Arte - SESC Rio
A Energia da Arte
"A Hora do Planeta" é um movimento mundial de conscientização da preservação do meio ambiente. O evento está programado para o dia 28 de março e consiste em mobilizar o maior número de pessoas no mundo a apagarem suas luzes por uma hora, como forma de adesão à luta no combate ao aquecimento global.
O Rio de Janeiro é a primeira cidade brasileira a aderir à iniciativa e o Sistema Fecomércio-RJ, por meio do SESC, participará do movimento com uma programação especial. Das 20h30 às 21h30, as unidades que têm atividades noturnas apagarão suas luzes em apoio à campanha.
Nas unidades SESC Madureira, Nova Friburgo, São João de Meriti, Tijuca, Campos, Barra Mansa, Copacabana e Espaço SESC, acontecerá o projeto "A Energia da Arte", com espetáculos de música, teatro e dança que poderão ser acompanhados no escuro. A iluminação das apresentações ficará por conta dos efeitos produzidos pelo próprio corpo, através de performances de artistas com instrumentos musicais e velas, além da energia gerada na interação entre os espetáculos e o público.
Confira a programação A Energia da Arte, dia 28 de março, das 20h30 às 21h30, e veja como é possível se divertir, preservando o planeta.


Procissão artística iluminadaReunião de grupos da região para uma caminhada pela cidade, iluminada por material sintético-luminoso. Conduzida por artistas de diferentes tendências, a procissão partirá do SESC Campos, seguindo pela Avenida Alberto Torres, e vai até à Praça São Salvador, no Centro da Cidade. SESC Campos



MODERNISMO -SESC CAMPOS


Exposição Arte Brasil – Um Giro em Nossa História com obras do MODERNISMO
11 de março a 26 de abril 2009
SESC – Rio
Avenida Alberto Torres nº 397

. Abertura da exposição dia 11 de março (quarta-feira) às 19h, com apresentação da performance teatral “A EMOÇÃO ESTÉTICA NA ARTE MODERNA” – uma viagem artístico-cultural. Na proposta de narrar esse clima de “revolução” artística no Brasil, o GRUPO QUATRO apresenta esta performance com a atriz Maria Areas , sob a direção de Jane Rangel.

. Dia 12 de março, (quinta-feira) às 19h, apresentação da palestra UM OUTRO MODERNO: REVENDO NOSSA MODERNIDADE, com a Profa. Dra. Vera Beatriz Siqueira. Historiadora da arte, é autora dos livros Milton Dacosta; Ivan Serpa; Burle Marx; e Futuro sem passado; além de ter publicado ensaios e artigos em periódicos, catálogos e livros, dentre os quais destacam-se Coleção Brasiliana - Fundação Estudar; Lúcio Costa: um modo de ser moderno; Oswaldo Goeldi. É membro do Conselho Editorial da Revista Vis, do Programa de Pós-Graduação da Universidade de Brasília; da revista eletrônica 19 & 20 e da Revista Concinnitas, do Instituto de Artes da UERJ, de onde é vice-diretora e no qual atua como professora de história da arte.

. Dia 13 de março (sexta-feira) às 19h, apresentação da palestra INFLUÊNCIAS DO MOVIMENTO MODERNISTA EM CAMPOS DOS GOYTACAZES: NA VIDA, NOS COSTUMES E NA CULTURA com a Profa. Sylvia Paes. Graduada em História pela FAFIC, pós-graduada em Geografia Humana pela PUC/MG, mestre em Planejamento Regional e Gestão de Cidades pela UCAM-Campos, Diretora da Biblioteca Municipal Nilo Peçanha, professora do curso de História da UNIVERSO.

. Dia 14 de março (sábado) das 14h às 17 h será realizado o Workshop ARTES COMPARTILHADAS – Um encontro de sensibilização com educadores de todas as áreas do conhecimento, que atuam em instituições formais e não-formais, com o objetivo de apresentar os fundamentos e as metodologias pedagógicas utilizadas nas visitas mediadas às exposições MODERNISMO e A HISTÓRIA DO CIRCO, e discutir as possibilidades de trabalho educativo a ser desenvolvido a partir das visitas à essas exposições. Coordenação da artista plástica e arte-educadora Vera Pletitsch.
As inscrições antecipadas para o Workshop ARTES COMPARTILHADAS podem ser feitas pessoalmente no SESC ou pelo telefone (22) 2731-4063 (Celinha ou Cláudio).

. Exibição do filme “MACUNAÍMA” dia 18 de março e “VIDAS SECAS” dia 25 de março, sempre às 19h.

O agendamento para as visitas mediadas na exposição pode ser feito com Vera pelo fone (22) 8117-5398.
Vera L. Pletitsch vera_plet@yahoo.com.br veralpz@uenf.br (22) 2723-5593 (22) 8117-5398
(22) 2739-7204 (Pólo Regional Arte na Escola - UENF - CCVM)